Detenção de um jiadista que queimava uma aldeia rohingya

De acordo com o general Min Aung Hlaing, o exército birmanês prendeu um homem que acabara de incendiar sete casas na aldeia rohingya de Mi Chaung Zay (município de Buthidaung). Este homem não é outro senão Einu, um oficial do Exército de Salvação dos Rohingyas de Arakan, que apelou aos membros de sua comunidade para fugir do país, acusando precisamente o Exército de incendiar as suas aldeias. O incidente ocorreu a 4 de Outubro de 2017, cerca das 2h 40 da manhã. O Exército ajudou os aldeões a (…)

Powered by WPeMatico